Essa tendência a ser esponjinha

10/16/2013 02:16:00 PM


Alguma vez na vida você já se doou pra caralho por alguém? Bom eu já. E eu sei que você também. Todos nós já fizemos isso algum dia. O meu problema é a frequência com que faço isso. 
Começamos a ter aulas de psicologia, e dinâmica vai, dinâmica vem, minha professora/psicóloga dá o meu "diagnóstico": eu sofro de Efeito Esponjinha. Não sabe o que é? Eu te explico.
A função de uma esponja é qual? Absorver, certo? Pois é isso mesmo o que eu faço: eu absorvo os problemas das outras pessoas, o que para uns pode parecer algo muito humano, lindo, mas não é; chega uma hora em que parece que o mundo todo está nas nossas costas e que tudo depende de nós; outro ponto negativo é que esquecemos de nós mesmos e nos dedicamos apenas ao outro, mas sabe qual é o ponto alto da coisa? O outro está pouco se fodendo pra você, mal reconhece o que você faz por ele. 


        
Tantas vezes eu passei noites em claro preocupada com pessoas que não moveriam um dedo por mim, tantas vezes briguei por pessoas que não discutiram por mim, quantas vezes defendi pessoas que não me apoiaram. Quantas vezes senti dor, sai na chuva, por alguém que não levanta do sofá por mim. Sem contar as inúmeras vezes em que fiz o melhor para deixar uma pessoa feliz num dia triste, e tudo o que ela fez foi dizer "fica bem" quando eu estava num dia nublado. E todas as vezes em que eu estava bem, e a negatividade de alguém importante passava para mim, por eu me importar tanto com a pessoa, por eu ajudar nos momentos difíceis, e ela nunca agradecer a mim por isso? 



Então, recebi um conselho, e essas palavras ecoam na minha mente: "não é problema seu. E isso não é egoismo. É amor próprio". E esse é um conselho muito certo, porque eu julgo que a partir de certa idade, mesmo sem a maturidade, sabemos o que é certo e o que é errado não é? 
Portanto, se alguém quer ir para o fundo do poço, pense bem: esse alguém enfrentaria a escuridão do fundo do poço se estivesse no seu lugar? Esse alguém te agradeceria pelo que você fez? Se a resposta for "não", por mais sincero e doloroso que seja, deixe que esse alguém enfrente o poço sozinho. 
Porque você é um ser humano, e não uma esponjinha. 

You Might Also Like

0 comentários