Testei: coloração Garnier Nutrisse, 30 (grafite)

1/16/2014 09:42:00 PM

Meu coração está em pedaços por dar adeus ao ruivo. </3 Mas não é um "adeus"; é um "até logo". O que estava acontecendo era: você só pode retocar luzes depois de 2 meses, se não acaba muito com o cabelo. Aí passaram-se 2 meses, no terceiro eu ia a um parque aquático, então resolvi esperar para retocar; no quarto mês, eu fui a praia, mas meu cabelo já estava bem detonado, quebrando muito, a praia só contribuiu (vou fazer um post em breve sobre isso, talvez hoje ou amanhã). 

E assim, quando você descolore seu cabelo, tem que fazer hidratações semanais, de em média R$30,00, mais a cauterização e reconstrução uma vez por mês, ou a cada dois meses, não lembro. Fora que, tem os tonalizantes quinzenais, em resumo: não a cabelo e bolso que aguente. 

A raiz estava grande, o belo detonado, aí falei: "vou para o preto logo". Escolhi Grafite pois era uma cor próxima a minha natural, e a marca escolhi porque minha amiga Gabi me indicou. Eu tinha um pé atrás com ela (a marca), mas fui mesmo assim.

foto péssima, eu sei, desculpem






Pontos positivos:

  • Tem cobertura realmente uniforme, ou seja, o cabelo fica no mesmo tom (o que não é difícil, sendo uma cor escura);   
  • É fácil de remover da porcelana (tinta suja tudo mesmo!);
  • Deixa o cabelo macio, diferente de outras, sem aquele aspecto palha, sabe?
  • Meu cabelo ficou superbrilhante! Nem parece que usei tintura;


Pontos negativos:

  • O cheiro é péssimo, muito ruim! Fora que ardeu muito meus olhos/nariz;
  • É bem difícil de retirar da pele. :/

 
Meu cabelo (está molhado >ai que vergonha<, mas é só para terem uma ideia):




Mas me surpreendi, gostei sim, e recomendo. Agora só aproveitar o "back to black" (chorand)

-


You Might Also Like

0 comentários